Câncer Infantojuvenil

 

DSC_5327


Segundo o INCA – Instituto Nacional de Câncer, o avanço no tratamento do câncer infantojuvenil foi expressivo nas últimas quatro décadas, onde 70% das crianças/adolescentes podem ser curadas, se diagnosticadas precocemente e tratadas em centros especializados.

 
No Brasil, por ano, são estimados mais de 9000 casos novos de câncer infantojuvenil, e é considerada a segunda causa de mortalidade proporcional entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos, para todas as regiões.

 

Ficar atento aos primeiros sinais e sintomas do câncer infantojuvenil é fundamental para um diagnóstico precoce e início imediato do tratamento, o que garante o alto índice de cura e qualidade de vida.

 

Fique atento aos sinais e sintomas do câncer infantojuvenil:

 


*Perda de peso

*Palidez inexplicável

*Manchas roxas, sangramento pelo corpo sem machucado

*Febre prolongada de causa não identificada

*Vômitos acompanhados de dor de cabeça, diminuição da visão ou perda de equilíbrio

*Dores nos ossos ou nas juntas, com ou sem inchaços

*Caroço em qualquer parte do corpo, principalmente na barriga

*Crescimento do olho podendo estar acompanhado de mancha roxa no local


Ao perceber qualquer um desses sintomas ou sinais, leve seu filho ao médico.

Lembre-se: o câncer tem cura!

 


O que é o câncer?

 

Câncer é um conjunto de doenças nas quais existe uma multiplicação anormal de células doentes. Às vezes, as células continuam tendo uma aparência normal e ficam só no lugar onde nasceram. Dizemos, então, que existe um tumor "benigno". Quando as células têm aparência diferente do normal, multiplicam- se muito e têm a capacidade de produzir metástases, ou seja, começam a se espalhar por várias partes do corpo, dizemos que existe um tumor "maligno", ou câncer.

 
Apesar de o câncer ser raro em crianças, ele é a causa de morte mais frequente nesta idade, ficando atrás de acidentes e de doenças infecciosas. O câncer não é uma doença contagiosa, na maior parte dos casos, não se sabe por que uma criança desenvolveu um tumor. Sabemos que, em geral, as crianças não herdam o câncer dos pais e nem nascem com ele.

 

Principais tipos de câncer infantojuvenil

 

Conheça os tipos de câncer mais comuns em crianças:

Leucemias (33%)

Tumores do sistema nervoso central (20%)

Linfomas (12%)

Neuroblastoma (8%)

Tumor de Wilms, dos rins (6%)

Tumores de partes moles (6%)

Tumores ósseos (5%)

Retinoblastoma, nos olhos (3%)

Linfoma de HodgkinHistiocitose

Tumores Germinativos


Fonte: INCA – Instituto Nacional de Câncer e GRAAC – Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer/SP